EXERCÍCIOS  E  JOGOS  TEATRAIS
 
EXERCÍCIOS  E  JOGOS  TEATRAIS
 
 
PREVENÇÃO DO BULLYING

Lidando com o Estresse

 

OBJETIVOS  DE  DESEMPENHO

 

  • Os alunos explorarão possíveis soluções e formas de lidar com o estresse em suas vidas cotidianas.

 

 

MATERIAL ( em anexo)

 

  • 10 Cartões de Cena  

 

  • Listas com os Sintomas Físicos e Emocionais do estresse

 

 

EXERCÍCIO

 

O estresse é uma condição presente na vida de jovens que cometem bullying. Normalmente esses jovens utilizam o bullying como válvula de escape para seus problemas e traumas, e como uma forma equivocada de criar em si um sentimento de poder e autoconfiança.

 

O estresse passa a ser também um sentimento destrutivo e constante na vida do jovem que sofre o bullying.

 

Antes de iniciar o exercício, explique isso para seus alunos. De uma forma sutil, você estará mandando uma primeira mensagem para os jovens que cometem a intimidação moral. Esse é o primeiro passo para que eles comecem a entender que cometem bullying porque na verdade eles mesmos têm problemas com os quais não conseguem lidar de forma saudável. 

 

 

 

PARTE I

Aquecimento

 

1. Peça aos alunos para se movimentarem pela sala sacudindo os braços e as pernas. Peça-lhes para que se concentrem  mentalmente em alguma coisa que esteja acontecendo em suas vidas no momento e que tenha se tornado uma fonte de estresse específica. 

 

2. Diga-lhes para imaginar que em um nível de 1 a 10  o estresse que eles estão sentindo sobre essa questão nesse momento está no nível 5. Guie os alunos utilizando perguntas que os incentive a tornarem-se conscientes de como seu corpo físico processa o estresse: “ Como você sente esse estresse em suas costas? E nos seus braços? Ombros? Pescoço?”

 

3. Peça-os agora para imaginar que o nível de estresse subiu para 6, e logo em seguida para 7. Diga que eles devem sentir o  efeito do estresse no seu corpo. Sentir como o estresse está afetando a forma como eles caminham, respiram, falam, etc. 

 

4. Permita que os alunos interajam brevemente uns com os outros até chegarem no nível 10 do estresse. Depois peça-os que voltem para o nível 1, onde o estresse que eles sentiam sobre determinada questão praticamente desapareceu de suas mentes .

 

 

PARTE II

Sintomas

 

1. Peça que os alunos sentem-se no chão formando um círculo. Explique para a classe que o exercício que eles fizeram é uma       maneira de lidar com o estresse chamada de Imaginação Guiada, onde usamos a nossa imaginação para tratar dos sintomas físicos e emocionais do estresse. 

 

2. Leia para seus alunos os Sintomas Físicos e os Sintomas Emocionais do  estresse ( lista em anexo).

 

3. Peça que os alunos agora fiquem em pé no círculo. Diga que você lerá os sintomas novamente e, enquanto você lê, os alunos devem improvisar expressões corporais e faciais que definam o sintoma. Leia devagar, dando tempo para a improvisação entre um sintoma e outro.

 

 

PARTE III

Problemas e Soluções

 

Promova um breve debate com seus alunos sobre  possíveis formas de lidar com o estresse. 

 

1. Divida os alunos em pequenos grupos e dê a cada grupo um Cartão de Cena com uma situação específica de estresse.  

 

2. Dê aos alunos 10 minutos para que cada grupo desenvolva sua improvisação a partir de seu Cartão de Cena. 

 

3. Cada grupo deve apresentar dois finais diferentes, cada final expressando uma solução diferente ao estresse apresentado no Cartão de Cena. 

 

4. Depois de todas as apresentações, os grupos devem compartilhar observações e opiniões uns com os outros. 

 

 

PERGUNTAS PARA DEBATE

 

  • Recentemente você vivenciou alguma situação de estresse parecida com as quais trabalhamos hoje?

 

  • Qual das soluções que discutimos teria ajudado você a sair da situação, e por quê? 

 

  • Quais não teriam funcionado, e por quê?