EXERCÍCIOS  E  JOGOS  TEATRAIS
 
EXERCÍCIOS  E  JOGOS  TEATRAIS
 
 
PREVENÇÃO DO BULLYING

Quem é Quem no Bullying

 

5  NARRADORES

 

 

13 ATORES

1 Aluno que pratica  o Bullying

 

2 Seguidores (ou “Capangas”)

 

4 Torcedores (ou Agressores Passivos)

 

 4 Observadores Desengajados

 

1 Defensor

 

1 Aluno que é Intimidado

 

 

 

OBJETIVOS DE DESEMPENHO DA ESQUETE TEATRAL

 

  • Os alunos serão estimulados a pensar sobre o que é o bullying e sobre a participação de cada pessoa em um ato de bullying.

 

 

ESTRUTURA DA CENA

 

 

TODOS OS ALUNOS ENTRAM EM CENA. OS 13 ATORES POSICIONAM-SE EM PÉ EM MEIA LUA NO PALCO, DE COSTAS PARA A PLATEIA. O ALUNO QUE SERÁ VÍTIMA DO BULLYING DEVE ESTAR NO MEIO.

 

OS NARRADORES POSICIONAM-SE DE FRENTE PARA A PLATEIA, NAS LATERAIS DO PALCO. 

 

DURANTE SUAS FALAS, OS NARRADORES ANDARÃO EM VOLTA DOS PERSONAGENS QUE APRESENTARÃO.

 

ESSA ESQUETE APRESENTA UM GRANDE DESAFIO PARA OS ATORES: O TRABALHO DE EXPRESSAR-SE NÃO VERBALMENTE E PERMANECER POR MUITO TEMPO CONGELADO. ( Um ator precisa ter um alto grau de concentração e bom preparo físico para conseguir ficar totalmente imóvel por um longo período de tempo)

 

 

NARRADOR 1 -   Bullying! Todos nós ouvimos tanto falar em Bullying. Mas o que é isso realmente? Quais são os tipos de bullying?                              E quem é quem no bullying?

 

 

NARRADOR 2 -   Hoje em dia quase todo problema comportamental, quase tudo o que acontece entre alunos nas escolas, é                                        rapidamente rotulado de bullying. Não é bem assim.  

 

 

NARRADOR 3 - O bullying é todo comportamento agressivo realizado repetidamente ao longo do tempo, dentro de uma relação                                caracterizada por um desequilíbrio de poder.

 

 

NARRADOR 4 - Então afinal, qual a diferença entre uma brincadeira de mau gosto, um desentendimento pontual, e o bullying? O                              bullying significa intimidação e assédio moral que acontecem de forma rotineira.

 

 

NARRADOR 5 - O  Bullying é o desejo consciente de machucar, excluir, colocar outra pessoa pra baixo, humilhar! Existem 4 tipos                              de bullying: Bullying verbal, físico, dissimulado e o cyberbullying. 

 

 

NARRADOR 1 - O Bullying não é uma piada, é na verdade algo que não deve ser aceito por nenhum de nós! O bullying é                                              inaceitável. Vamos ver juntos agora uma situação de bullying. 

 

 

( O ator que sofre bullying e o que comete o bullying devem virar juntos para a plateia nesse momento e congelar em uma posição que demonstre um praticando a intimidação e o outro bem amedrontado, com o olhar de desespero. Os alunos viram e imediatamente congelam em suas expressões. Devem permanecer congelados.)  

 

                         

                            Esse é o André. Há dois anos ele sofre bulllying do Jonas.

 

 

NARRADOR 2 - O André é um menino bem tímido, super na sua, não incomoda ninguém. O Jonas, na verdade, é quem tem mais                              problemas. Ele tem muitos problemas em casa... E ele acha que bancando o fortão, o durão, o poderoso, vai                                      passar a ter mais autoconfiança, vai ter o respeito dos outros. Coitado, está tão enganado...

 

 

NARRADOR 3 - E o que o Jonas não sabe, o que ele também não tem a menor ideia, é que ele não está só perturbando o André. O                            que ele está fazendo vai ter consequências super graves na vida adulta do André...

 

 

( Os dois atores que encenam os Seguidores viram para a plateia, e congelam fazendo expressões de ironia e ofensas na direção do André. Nesse momento, André e Jonas também mudam suas posições: André senta no chão de pernas cruzadas, com a cabeça para baixo, segurando a cabeça com as mãos. Jonas também congela em uma nova posição, olhando para o André como se estivesse agredindo-o verbalmente. Todos congelam e permanecem congelados.)

 

 

NARRADOR 4 - Esses dois aí são os “ capangas do Jonas”. Na verdade, esses 3 meninos são quem tem mais problemas nessa                                  cena. Eles tem uma personalidade agressiva, têm sempre a tendência a reagir agressivamente às mais variadas                              situações. Eles tem uma total falta de habilidade de controlar suas emoções e impulsos. Esses caras precisam é                              de ajuda, e de amor!

 

 

( Viram os 4 Observadores Desengajados, e congelam. Eles devem congelar todos olhando para o André, com um dando de ombros, outro falando ao celular, o importante é demonstrarem que não estão nem aí. Os outros atores congelados devem mudar de posição e expressão e congelar também, sempre dentro da atitude do seu personagem.)

 

 

NARRADOR 5 - Essa galera não está nem aí. No fundo eles não apoiam o bullying, mas também não fazem nada para ajudar. E                                nesse tipo de situação, quem não ajuda, acaba sendo conivente.

 

 

NARRADOR 1 - ( Com um tom brincalhão e importante) Conivente: Quem finge não ver o mal que o outro pratica. Cúmplice!

 

 

NARRADOR 5 OLHA PARA NARRADOR 1 E SORRI,  COMO QUE AGRADECENDO.

 

 

( Viram os 4 Torcedores, e congelam. Eles devem rir entre si, apontar para o André, deixar claro que apoiam o que está acontecendo. A cada entrada de novos atores todos devem mudar de posição, dentro da atitude de seus personagens, e congelar novamente. O trabalho de expressão corporal e facial em cena, com os atores congeladas, é excelente para o desenvolvimento de atenção, concentração e autocontrole.)

 

 

NARRADOR 2 - Esses aí também, querem tirar onda com o André, mas no fundo não param para pensar no mal enorme que                                    estão fazendo para o garoto, ignorando ele constantemente, espalhando fofocas e rumores sobre ele, gozando da                            cara dele o tempo todo!

 

 

( Vira o Defensor, que deve estar de costas ao lado do ator que sofre bullying desde o início. Ele oferece a mão, em uma expressão de apoio. Congela. O ator que pratica o bullying congela com uma expressão de surpresa e receio.)

 

 

NARRADOR 3 - Esse é o Renato. Ele não conhece o André, mas cansou de ver a injustiça acontecendo, e decidiu que a partir de                                agora ele vai ajudar o André como puder. Cara maneiro!  O Renato quer transformar o mundo para melhor, para                              ele e todo mundo. E achou que essa era uma boa forma de começar.

 

 

NARRADOR 4 - Gente, o que precisa ficar claro é que o bullying não é um problema só entre dois jovens. O bullying é um                                           fenômeno de grupo! Todo mundo que está vendo, que está participando de alguma forma, está envolvido. E você,                             quem você quer ser em uma cena de bullying na vida real? Eu quero ser o Renato!

 

 

( Todos os atores lentamente vão descongelando e se dão as mãos olhando para a plateia. O NARRADOR 5 fala andando na direção do último na linha e dá a mão ao último ator. Enquanto ele fala os outros narradores também se juntam a linha, todos dando-se as mãos.)

 

 

NARRADOR 5 - O bullying pode estar em olhares, ações ou palavras. Hoje a galera aqui, levando informação, conscientizando, fez                            a parte dela na prevenção do bullying.  Faça você a sua!

 

 

TODOS LEVANTANDO AS MÃOS UNIDAS:  Diga Não ao Bullying!

 

 

 

APLAUSOS. 

TODOS AGRADECEM E SAEM DE CENA DE MÃOS DADAS.