Projeto com a NASA
PROJETO COM A NASA

Pela primeira vez, estudantes de escolas públicas brasileiras participam de projeto com a NASA, e fazem perguntas para o astronauta Mike Barratt, que respondeu ao vivo da Estação Espacial Internacional.

 

O IASEA promoveu um bate-papo ao vivo, por telefone via satélite, entre o astronauta da Nasa Mike Barratt, em órbita, e cerca de 60 estudantes de 3 escolas de Paraty. Esse encontro especial aconteceu durante o evento Darwin e a Aventura, e tornou-se uma experiência inesquecível para todos os participantes e envolvidos. 

 

Durante uma semana de atividades, estudantes participaram de palestras e oficinas sobre a preservação do planeta e de sua biodiversidade. Durante as oficinas, os alunos prepararam então várias perguntas para o astronauta, e 9 delas foram selecionadas. O astronauta Mike Barratt só teria conexão com Paraty durante 9 minutos, tempo de sobrevôo da estação espacial sobre a costa verde brasileira. 

 

Escolhidas as perguntas, elas foram traduzidas para o inglês, e nove crianças foram selecionadas para fazer as perguntas ao vivo. Esses estudantes tiveram aulas  de inglês para poder entender e ler suas perguntas. Todos estavam tremendamente envolvidos com a experiência!

 

Da Nasa, veio a Paraty o Dan Garrison, Cientista Chefe do Diretório de Pesquisa Astromaterial e Ciência Exploratória da NASA (ARES - NASA's Astromaterial Research & Exploration Science Directorate ). O Dan também é conselheiro do Departamento de Programas Educativos da NASA, e por isso ele foi escolhido para vir ao Brasil e  ajudar em toda a conexão entre Paraty e Houston.

 

 

 

Para a estudante Sabrina de Araújo, 12 anos, autora de uma das questões, fazer perguntas ao astronauta foi uma experiência "incrível" e faz com que as crianças se interessem mais por ciências e meio ambiente. Aluna da rede pública, filha de um marceneiro e de uma doméstica, ela também cobra laboratórios e estruturas que auxiliem o aprendizado na área e "deixem as crianças mais inteiradas".

 

O astronauta respondeu perguntas sobre o dia a dia na Estação Espacial Internacional, aquecimento global, emissões de dióxido de carbono, pré-sal, preservação da biodiversidade amazônica, impacto da energia nuclear no meio ambiente, entre outras.