ESQUETES  TEATRAIS

Princípios da Criatividade na Resolução de Problemas

 

9 ATORES:

 

1 NARRADORA

8 JOVENS

 

 

ATORES SENTAM NO CHÃO EM DUPLAS, COMO SE TIVESSEM EM 4 MESAS EM UMA LANCHONETE. MIMICAS DE CONVERSAS E LANCHE. ENTRA NARRADOR.

 

 

NARRADORA

Gente, todos nós temos problemas, não tem jeito! E nossa forma de encarar nossos problemas, de lidar com eles e procurar soluções faz toda a diferença nas nossas vidas! Vocês sabiam que existem alguns princípios da criatividade que ajudam muito na resolução de problemas? 

 

 

CENA 1

 

NARRADORA VAI PARA TRÁS DA “MESA 1”

 

 

NARRADORA         Princípio1:  Separe a geração da ideia da sua avaliação! 

 

 

NARRADORA VAI PARA O CANTO DO PALCO ENQUANTO COMEÇA A CENA 1

 

SOFIA

Amanda, esse problema está acabando comigo e, arghhh!!  Não sei o que eu tenho, mas eu não consigo ter uma ideia boa para resolver isso!

 

 

AMANDA

Sofia, se você não está conseguindo pensar direito, pense nisso: se você quer ter uma boa ideia, você precisa separar a geração da ideia do julgamento da ideia! Você se critica muito! So, vc se auto-boicota!

 

 

SOFIA                    Nossa... ai... é verdade. Mas como eu controlo isso?

 

 

AMANDA

Exatamente. Não controla! Se você quer ter uma ideia criativa para resolver seu problema, tente não controlar, não julgar seus pensamentos. Coloca pra fora toda ideia que você tiver, só isso. Quanto mais ideias você tiver, mais soluções você vai ter a sua disposição. Depois de pensar em várias soluções, aí sim você analisa tudo o que você pensou. Não antes!

 

 

SOFIA

Então talvez eu consiga resolver esse problema sobre__________. O que vc acha se eu_______________. Ou____________________.          Ou__________ ( 6 IDEIAS AO TODO)

 

 

 

EXERCÍCIO DE IMPROVISAÇÃO

 

Antes da apresentação as meninas devem ter 15 minutos  para definir o problema a ser trabalhado. As duas definirão o problema e darão ao todo 6 ideias para a sua resolução. Ressaltar com as alunas que é importante o não julgamento das suas ideias enquanto elas roteirizam a última fala do texto.

 

Após o ultimo texto as meninas voltam para as mimicas de lanchonete

 

 

 

CENA 2

 

NARRADORA VAI PARA TRÁS DA “MESA 2”

 

 

NARRADORA         Princípio 2: Evite o  Pensamento Padrão!

 

 

NARRADORA VAI PARA O CANTO DO PALCO ENQUANTO COMEÇA A CENA 2

 

 

JULIO                     Cara, sério, você tem que aprender a controlar esse teu ciúme!

 

 

RENATO                 Ah Julio, quem nunca sentiu ciúmes que atire a primeira pedra.

 

 

JULIO

Não Renato, na boa, o teu ciúme é doentio. Garota nenhuma aguenta mais isso não... Você acha que a Marina terminou com você por que?

 

 

RENATO

Eu não acho, eu tenho certeza, ela foi bem clara... “ Renato, eu gosto de você, mas não consigo mais viver com seu ciúme!”

 

 

JULIO

Tá vendo? Eu falo! Tem que parar com essas ligações constantes, sem motivo, só para monitorar a mina. Pô, necessidade doente de querer saber tudo dela o tempo todo, dominar tudo, controlar ela. Sério, você precisa aprender a SE controlar ...

 

 

RENATO

Pô cara, eu já entendi que isso é um problema, tô consciente. Mas eu não consigo pensar diferente! É difícil pra caramba mudar um hábito, um padrão de pensamento! Eu não consigo parar de pensar que ela pode estar me traindo, ou curtindo a companhia de outra pessoa mais do que curte estar comigo. Tenho ciúmes até das amigas dela!

 

 

JULIO

Nossa, agora me deu até pena de você... Pô Renato, você é um cara gente boa, bonito, carinhoso com as garotas. Você precisa aprender uma forma de lidar com isso e acabar com esse teu ciúme exagerado, sem motivo! Acho que o mais importante já rolou , que é você reconhecer e aceitar isso como um problema. Acho que agora você tem que aprender a mudar o teu pensamento. Prestar atenção, observar quando você começar a pensar essas coisas, e tentar substituir o pensamento de ciúme por outros mais de confiança.

 

 

RENATO               Maneiro, entendi. Mas como??

 

 

EXERCÍCIO DE IMPROVISAÇÃO

 

Antes da apresentação os meninos devem ter 15 minutos  para definir formas de mudar um pensamento padrão, no caso, em relação ao ciúme. 

 

 

 

CENA 3

 

NARRADORA VAI PARA TRÁS DA “MESA 3”

 

 

NARRADORA         Princípio 3: Exercite a visão global!

 

 

NARRADORA VAI PARA O CANTO DO PALCO ENQUANTO COMEÇA A CENA 3

 

 

MARIA

Lucas, eu acho que você não está conseguindo resolver esse problema porque você está muito preso nos detalhes da história. Não está conseguindo enxergar a visão global do que está acontecendo.

 

 

LUCAS                  Como assim?

 

 

MARIA

Você já ouviu a história dos cegos e do elefante? Tinham 6 cegos na beira de uma estrada na India, aí passou um elefante e uma multidão atrás dele. Os cegos não sabiam o que era um elefante e quiseram conhecê-lo. O elefante parou, e cada cego começou a tocar em apenas uma parte do animal: um apalpava a barriga, outro a tromba, outro a cauda, outro a orelha, outro a perna. Quando eles foram descrever um para o outro o que era o elefante, começou a briga. O que tinha apalpado a orelha disse que o elefante  se parecia com um grande leque aberto. O que tocou a tromba disse que o elefante tinha a forma e a flexibilidade de uma mangueira de água, e assim por diante.

 

 

LUCAS

Peraí, então você está tentando me dizer que eu estou tentando resolver isso de uma forma limitada? Que a minha visão está sendo unilateral e parcial?

 

 

MARIA

Exatamente. Lucas, se seus pais brigam o tempo todo, e você não sabe como se posicionar, talvez tenha mais coisas a levar em conta do que apenas os seus próprios sentimentos. Tem o lado da sua mãe, o lado do seu pai, e provavelmente outras coisas que você nem está sabendo. 

 

 

LUCAS                  Pô Maria, isso interfere demais na minha vida, eu não aguento mais. 

 

 

MARIA

Então abre seu campo de visão, e em vez de manter isso só para você, e tentar resolver sozinho, comece a falar. Fale primeiro com sua mãe, depois com seu pai, depois se aconselhe com sua avó, seu tio, tente ter o maior número possível de informações e ideias para resolver o que você pode fazer. Tipo assim, tentar achar novas perspectivas da situação, para ver se ajuda a trazer novas perspectivas de solução!

 

LUCAS                  Ou seja, tentar achar uma nova abordagem para um velho problema... Olhar para o problema de forma                                       diferente...

 

 

EXERCÍCIO DE IMPROVISAÇÃO

 

Antes da apresentação os jovens devem ter 15 minutos  para definir formas de desenvolver uma visão global sobre um problema.

 

 

CENA 4

 

NARRADORA VAI PARA TRÁS DA “MESA 4”

 

 

NARRADORA        Princípio 4: Minimize o Pensamento Negativo!

 

 

NARRADORA VAI PARA O CANTO DO PALCO ENQUANTO COMEÇA A CENA 4

 

 

MARCOS               Eu não vou conseguir passar no vestibular!!! Eu sei que não vou!!

 

 

DANIEL                  Que isso Marcos! Esse teu pensamento negativo não vai ajudar em nada não!

 

 

MARCOS

Ah, vai sim. Se eu esperar pelo o pior, então eu não vou ficar desapontado quando o pior acontecer. E eu sou realista. E eu não sou bom o suficiente, eu não devia nem tentar!

 

 

DANIEL

Caramba cara, você tá sendo muito extremista! Essa atitude de tudo ou nada faz a vida ficar muito difícil. Você tem noção de como o pensamento negativo pode afetar sua vida? Você não sabe que o pensamento negativo é o mentor do estresse, da ansiedade e da depressão? Pensar desse jeito não te ajuda a alcançar nada, muito pelo contrário!  São pensamentos inúteis, não melhoram sua vida em nada!

 

 

MARCOS               Nossa, eu sou mesmo bem estressado e ansioso...

 

 

DANIEL

Não estou dizendo para você virar uma pessoa positiva da noite para o dia, mas você podia tentar minimizar seus pensamentos negativos! Sei lá, tentar identificar e eliminar pensamentos que fazem você ficar triste ou inseguro, ou que te impedem de lutar pelo que você quer.

 

 

MARCOS               Pô Daniel, você acha que eu tenho chances no vestibular?

 

 

DANIEL

Claro! Você nunca nem repetiu de ano!! Mas tem que estudar, tem que meter a cara, e mais importante, tem que acreditar que vai passar!

 

 

MARCOS

Tá bom, pra você eu assumo, eu queria muito ser menos negativista, mas é o meu jeito de pensar há muito tempo, não acho que eu tenha a capacidade de mudar isso... O que eu faço para tentar mudar isso?

 

 

EXERCÍCIO DE IMPROVISAÇÃO

 

Antes da apresentação os meninos devem ter 15 minutos  para definir formas de minimizar os pensamentos negativos, substituindo-os por pensamentos mais saudáveis e positivos.

 

 

 

NARRADORA

Há muitas maneiras de resolver problemas, e cada solução vai depender da sua situação, sua experiência, seu conhecimento, sua atitude, e  a abordagem que você escolher para resolver o que te incomoda. Mas o mais importante é a gente ter a coragem de assumir nossos problemas, e se dedicar de verdade a buscar soluções. Valeu!

 

 

APLAUSOS. TODOS LEVANTAM, FAZEM REVERÊNCIA E SAEM DE CENA