O uso de álcool, tabaco e outras drogas é um problema  que  começa durante a adolescência.

 

A escola não tem como reparar todos os males sociais, mas tem em seu poder meios para estabelecer

metas que incentivem o  comportamento positivo de seus alunos.

 

Tanto escolas quanto projetos em comunidades de baixa renda podem incentivar esse comportamento positivo por meio do desenvolvimento em seus alunos de conhecimentos e habilidades saudáveis, que despertem em novas mentes  valores morais saudáveis e éticos.

 

 

ASSERTIVIDADE

 

O ensino de técnicas efetivas de asser-tividade apresenta aos alunos uma série de estratégias e argumentos que eles podem utilizar na prática quando pressionados por amigos a usar drogas.

 

 

AUTOCONFIANÇA

 

Habilidade fundamental para reduzir a alienação, o tédio, a falta de objetivos e ociosidade, problemas comuns que levam os jovens ao uso de drogas.

 

GERENCIAMENTO DO ESTRESSE

 

É importante que os jovens aprendam a lidar com o estresse de uma forma saudável, para que não utilizem drogas ou álcool como um mecanismo de alívio da tensão, escape da realidade ou minimização da ansiedade.

TOMADA DE DECISÃO

 

Para que um estudante se comprometa a viver uma vida livre de drogas, é essencial que  ele tenha as habilidades para analisar opções e tomar decisões que o levem a escolhas positivas na vida.

LIDAR COM CONFLITO INTERNO

 

Aqui os jovens aprendem como é o processo de limitar os aspectos negativos do conflito pessoal,  ao mesmo tempo que aprendem técnicas de como lidar e solucionar de forma saudável e efetiva com os mais comuns conflitos internos.

AUTOESTIMA

 

Sentir-se bem sobre si mesmo é uma das melhores armas que todos temos para lidar com os altos e baixos da vida.  Um jovem com a autoestima positiva terá sempre maior facilidade de resistir às pressões ao uso de álcool ou outras drogas.

 

O Ensino Socioemocional na Prevenção do Uso de Drogas

 

O programa de ensino social focado na prevenção do uso de drogas está baseado em melhores práticas internacionais que utilizam lições, dinâmicas, jogos cooperativos e exercícios teatrais para o desenvolvimento de habilidades específicas de prevenção. Essas atividades educativas também destacam razões positivas para que os jovens evitem usar drogas, ao invés de apenas concentrar os esforços de informação sobre as consequências negativas do uso. 

 

Habilidades emocionais na prevenção do uso

 

Na luta contra o uso de drogas, é fundamental que os jovem aprendam a sentir orgulho de si próprios.

 

Uma das estratégias mais eficazes é o ensino de habilidades sociais relacionadas ao desenvolvimento da autoestima, autoconfiança e capacidades pessoais ligadas a áreas de interesse.

 

Crack?

Você fica muito, muito, muito mal

 

O crack é uma das químicas mais venenosas dentro do corpo humano. Essa forma menos pura da cocaína funciona como um ácido que vai comendo, deteriorando todos os órgãos. Os danos cerebrais são fortes e imediatos: o usuário vai ficando inquieto, irritado, ansioso, agressivo e paranóico. O crack vicia na primeira "provada". O prazer é intenso e efêmero. É uma das drogas mais destrutivas existentes.

 

O poder destrutivo das drogas

 

Os jovens precisam receber informações realistas,  para que eles entendam os efeitos das drogas, seus riscos fisicos, psicológicos, e principalmente seu poder destrutivo e devastador. É inútil apresentar as drogas apenas como um bicho-papão, pois elas são prazerosas a curto prazo e exatamente nesse fator  consiste a grande armadilha da dependência. 

 

 

 

 

 

 

 

 

O programa de ensino social focado na prevenção do uso de drogas está baseado em melhores práticas internacionais que utilizam lições, dinâmicas, jogos cooperativos e exercícios teatrais para o desenvolvimento de habilidades específicas de prevenção.

 

O material educativo destaca razões positivas para que os jovens evitem usar drogas, ao invés de apenas concentrar os esforços de informação sobre as consequências negativas do uso. O material educativo do programa de prevenção mostra aos jovens que o não-uso tem uma relação consistente com as aspirações juvenis de sucesso.

 

Os jovens são estimulados a pensar e a desenvolver suas expectativas pessoais de vida, e a pensar no prazer de ser motivo de orgulho para si próprio, suas famílias e amigos.