EXERCÍCIOS  E  JOGOS  TEATRAIS
 
 
HABILIDADE:   CONCENTRAÇÃO
EXERCÍCIOS  E  JOGOS  TEATRAIS
 
 
HABILIDADE:   ASSERTIVIDADE

Fórmula para a Assertividade

 

OBJETIVOS  DE  DESEMPENHO

 

  • Os alunos aprenderão formas práticas de se expressar assertivamente para defender suas necessidades e direitos.

 

 

EXERCÍCIO

 

Converse com seus alunos sobre a assertividade ser uma ferramenta particularmente útil para lidar com situações desafia-doras.

 

Se eles precisam, por exemplo, se preparar para uma conversa importante, onde precisam medir as possíveis consequências de suas falas e opiniões, saber ser assertivo pode ser extremamente valioso.

 

 

CENA:

A Fórmula

 

Os alunos trabalharão individualmente. Eles terão 10 minutos para preparar uma fala a partir das orientações dadas. 

 

Depois todos ficarão lado a lado no palco, de frente para a platéia, e cada um por vez  apresentará sua fala olhando para a platéia, como se estivessem falando com uma pessoa. 

 

Peça que os alunos utilizem a “fórmula” a seguir para ajudá-los a preparar cenas com mensagens assertivas. Chame  a atenção dos alunos sobre o tom das cenas: as frases devem ser ditas com firmeza, mas de forma positiva e educada. Eles precisam ter cuidado para não passar uma mensagem que possa parecer agressiva. 

 

O objetivo do exercício é que eles aprendam a desenvolver uma comunicação construtiva. 

 

Cada cena deve ter 5 frases: 

 

 

CENA EM 5 FRASES

 

 

Oriente seus alunos a desenvolver uma fala com 5 frases:

 

1. Situação: Descreva um comportamento de alguém em relação a você que você gostaria que fosse diferente. Nessa primeira frase eles precisam utilizar:  “ Quando...” e “ Eu me sinto...” 

 

 

2. Proposta: Depois faça uma proposta para essa pessoa. Especifique o comportamento que você gostaria que essa pessoa tivesse no lugar do com-portamento que te incomoda. Nessa segunda frase os alunos devem utilizar: “ Eu prefiro...” ou “ Eu gostaria...” 

 

 

3. Benefícios: Indique os benefícios dessa mudança para ambos. Mostre como essa alteração no comportamento pode trazer benefícios para você e para a outra pessoa. Para iniciar a terceira frase os alunos devem utilizar: “ Dessa forma...”

 

 

4. Consequências: Aponte qual seria a consequência da pessoa mudar seu comportamento ou tentar fazer uma mudança positiva. Inicie a quarta frase utilizando: “ Se você... “

 

 

5. Acordo: A última frase deve ser igual para todos: “ Pode ser, tudo bem para você?”

 

 

Aqui estão dois exemplos de comunicação assertiva:

 

 

EXEMPLO 1

 

“ Quando eu estou no telefone e você me interrompe, eu me sinto irritada.

 

Eu prefiro que você espere até que eu tenha terminado para me chamar e falar comigo. 

 

Dessa forma você não vai me incomodar, e eu vou poder te dar toda a minha atenção. 

 

Se você puder esperar em vez de me interromper quando estou no telefone, eu não vou mais me irritar e vou conseguir te dar toda a minha atenção. 

 

Pode ser, tudo bem para você?”

 

 

EXEMPLO 2

 

“ Quando você não contribui para os trabalhos de grupo, e fica sentado com os braços cruzados, olhando para fora da janela, eu me sinto com dificul-dade de concentração, e também isso afeta todo mundo no grupo, a gente se sente trabalhando para você.

 

Eu gostaria que você tentasse ser participativo, dividindo ideias com a gente. 

 

Dessa forma eu acho que todos nós vamos conseguir melhores resultados como uma equipe. 

 

Se você continuar agindo assim, pior do que atrapalhar a gente, você vai estar atrapalhando a si próprio. A gente precisa da sua participação.

 

Pode ser, tudo bem para você?” 

 

 

 

 

PERGUNTAS PARA DEBATE

 

Nesse exercício os jovens podem utilizar a oportunidade da cena para acabar enviando mensagens para colegas do grupo que tenham comporta-mentos que os incomoda. Ou seja, o exercício pode acabar se transformando em uma comunicação indireta a partir de  situações reais. 

 

Conhecendo seus alunos, adicione às perguntas abaixo questões que você considere pertinente a tudo que você escutou.

Você pode fazer as perguntas ao grupo todo em geral, ou pode fazer perguntas direciona-das a um aluno por vez:

 

  • Vocês já utilizaram esse tipo de abordagem para conversar com amigos sobre questões que te incomodam?

 

  • Você acha que encarar problemas se comunicando dessa forma pode aliviar tensões entre pessoas?

 

  • De 1 a 10, o quão corajoso você acha que precisa ser para iniciar uma conversa assim?

 

  • Você acha que esse tipo de comunicação pode ajudar a desenvolver o respeito mútuo? Por que?

 

  • Você acha que a comunicação assertiva mostra que você respeita a si próprio, pois você quer defender seus direitos de uma forma honesta e diplomática?  

 

  • Você acha que essa é uma boa forma de resolver um problema? Por que?